Manual de sobrevivência 2016.2

É com muita alegria que vos falo neste post, pois minha meta desse ano em relação à faculdade era passar em todas e consegui!!

ai que alegria e sufoco!

Foi muito puxado, pensei em desistir de uma matéria, maaaaas tem que perseverar e nunca desistir! Essa foi uma lição muito importante que aprendi esse ano e que repasso a quem tiver lendo esse post =D

Bom, aí vão os links que me ajudaram para sobreviver a este semestre, separados por disciplina (olha como sou legal xD):

Algoritmos II

Pois bem, esse semestre a matéria mais legal foi a de Algoritmos, onde estudamos recursão, algoritmos de ordenação, busca binária, análise de algoritmos e algumas estruturas de dados. Links super úteis:

Algorithms, Part I

Curso gratuito online, se joga!

Sorting Algorithms

Playlist muito didática para quem curte aprender por vídeos.

Data Structures

Idem.

Visualising data structures and algorithms through animation

Esse site é muito legal e foi meu amigo Márcio quem me mandou. Bem colorido e didático.

Dica que vale passar sem sufoco: às vezes você acha que entendeu, mas é só praticando que terá certeza e verá os pontos que não compreendeu, portanto, implemente os algoritmos antes das provas!

Cálculo I

Segunda matéria mais legal!! Cálculo é muito legal e vou deixar também alguns links de vídeos e sites que me ajudaram a compreender melhor os conteúdos: limites, derivadas e introdução ao cálculo integral.

LCM Aquino

Segunda vez que esse canal me ajuda, gosto das explicações dele, pois sempre mostra as provas dos teoremas, além de muitos exemplos.

Toda a Matemática

Esse canal também é muito legal e o professor sempre posta vídeos curiosos do mundo da Matemática.

Wolfram

Site para calcular tudo que você imaginar. Tem plano com desconto para estudante, onde você tem acesso à solução e pode verificar suas respostas (:

Organização e Arquitetura de Computadores

Consegui passar de boa, então você também consegue xD Aí vão os links:

Introdução a Arquitetura de Computadores

Livro muito bom e necessário para a matéria. Tem poucos conteúdos online que explicam tão bem quanto este livro e que seguem a mesma ementa do Senac (:

Memória Principal

Vídeo que me salvou na primeira prova =D

Projeto Integrador II – Jogo educacional 2D

Graças a meu professor, pude desenvolver o mesmo jogo do meu projeto de Iniciação Científica em Python. O link tá no meu github e vocês podem conferir o meu =D
Nesse PI não posso ajudar muito aqui, a não ser incentivar a criar um jogo que você goste muito da ideia (:

Álgebra Linear

Playlist salvadora

Khan Academy

É isso, espero que isso seja útil e até mais!

Fita de Möbius e Escher

Este ano na Semana Unificada de Apresentações do Senac tivemos uma atividade bem legal com a profa. Danielle dos Santos Mingatos (Dani para os conhecidos xD). Foi uma atividade de integração entre os cursos de Ciência da Computação e Engenharia de Computação.

A Dani falou do Escher (já tem post aqui sobre a oficina do ano passado) e fizemos algo beeeem legal: a fita de Möbius! August Ferdinand Möbius foi um matemático alemão do século XIX e ficou bem conhecido com a fita que levou seu nome. Mas não se engane, não é qualquer fita não: trata-se de uma superfície bidimensional não orientada com um lado passando a ser tridimensional no espaço euclidiano quando uma das pontas é torcida (ufa!).

Escher captou bem esse conceito e criou várias obras com essa temática, inclusive se chamam Fita de Möbius. Fica aí a dica de pesquisa para você se divertir nas férias =D

No canal do Numberphile tem dois vídeos muuuito legais com o Tadashi brincando com isso! À medida que você for vendo, tenho certeza de que você terá essa reação:

Adoro este canal, pois eles sempre fazem coisas interessantes e explicam numa linguagem possível de ser compreendida por qualquer um. Como o Tadashi fala, Matemática quando apresentada com uma postura divertida e envolvente É MUITO LEGAL, já o contrário, bom, relembre suas aulas de Matemática :/ (eu foi só trauma, espero que com você não xD).

Escher e seus loops infinitos

Já falei também da professora Eugenia Cheng e ela também postou um vídeo sobre Möbius, mas com…. bagels!

É isso, espero que curtam os vídeos! Tentem fazer em casa também, tenho certeza que vai ser divertido:)

 

Manual de sobrevivência do 1º semestre

Como eu transferi minha matrícula do tecnólogo para Computação, acabei aproveitando 4 disciplinas, por isso estava inscrita em Geometria Analítica, Introdução à Computação e Projeto Integrador I. Neste post vou falar um pouco de materiais e links para você se divertir (porque nem só de estudo vivemos!).

Geometria Analítica

Uma das matérias que mais me desesperei. Jurava que não ia passar, mas nada que sentar bunda e estudar pra valer não resolva. Eu não tive aulas de Geometria na escola, portanto, foi algo bem novo pra mim e tive muita dificuldade em entender os conceitos, ainda mais com essa abordagem super abstrata. Isso me deu até umas ideias para o Projeto Integrador do semestre q vem :), que será um jogo educacional usando a biblioteca Allegro, em C.

Quem me ajudou muito foram as aulas desse professor baiano que você pode ver no canal de GA. Ele segue a abordagem vetorial que a minha professora segue também. Esse material aqui aqui também ajudou muito! Quanto ao aprendizado, desculpa relembrar amiguinh@s, mas não existe segredo! É praticar muito e tentar sempre compreender o que acontece, tirando dúvidas e fazer exercícios extras, se possível.

Algoritmos e Programação I

O livro Elementos de Programação em C é gratuito para estudantes Senac e foi passado como leitura obrigatória. Para mim, C é algo bem diferente e desafiador, pois eu tive contato apenas com linguagens de alto nível (Ruby e Python <3). Também curti muito esse canal sobre Introdução à Programação em C e Ponteiros. Fizemos muitos exercícios do URI e esse foi o diferencial: é programando que se aprende a programar.

Pré-Cálculo

Eu estudei muito pelo canal do Grings e Khan Academy. Encontrei também este material aqui em inglês. Sem mistério também, tem que estudar e fazer as listas! (:

Introdução à Computação

Quando eu tiver muito dinheiro, vou doar para esse cara aqui, Titio Trevas. Também existem vários PDF’s disponíveis que apresentam mais a teoria. Pensa numa aula em que eu saía em entender nada do que o professor falava! Mas comecei a assistir os vídeos e fazer os exercícios que passei de boa. Não se desespere! É normal seu cérebro não entender tudo, ainda mais para quem não está acostumado a pensar como um computador. 

Projeto Integrador I

Esse eu comecei a ficar realmente preocupada. A proposta era fazer uma figura usando a biblioteca tikZ, em Latex. Foi bem difícil no começo, mas with a little help from my friends (aka Gabriel), deu tudo certo. O que me ajudou bastante foi começar a ligar os pontos usando um plano cartesiano. Eu fiz o relatório e vocês podem baixá-lo clicando aqui para saber mais. O resultado foi essa coisa fofa que vocês veem aí e minha inspiração foi essa animação da Chibird:

nhom nhom :3

PARTE 2

Pixar in a Box <333

pixar_in_A_box

O Khan Academy fez uma parceria muito legal com a Pixar: Pixar in a box! Eles mostram toda a Matemática e a prepração por trás ds animações. Estou fazendo e pretendo finalizar nas férias, para me divertir um pouco. Viu que fofo o monstrinho? 😀

How to Bake a Pi

Descobri essa professora de Matemática fenomenal e me apaixonei. Ela mostra como a Matemática está no nosso dia a dia e nem percebemos e o quanto perdemos por não ver isso. Ela tem um canal no Youtube e um livro que está na minha lista de compras! Eu adoro ver pessoas assim que tentam atrair as pessoas para Matemática, em vez de julgar quem não curte (ainda mais considerando o péssimo ensino que temos, né).

A complexidade sensível: um paralelo entre videogames e arte

Esse curso gratuito no Coursera é uma parceria com a Unicamp e discute jogos sob uma abordagem mais cultural. Achei bem legal, fica aí a dica para quem sempre algo a mais além do fato de jogar 🙂

Concluindo…

Este semestre foi bem intenso e algo que aprendi que fez toda a diferença foi entender a distribuir meu tempo de estudos de acordo com minhas necessidades. Isso é algo só você saberá, então não há fórmula mágica. Lembre-se de sempre respeitar seu ritmo de estudos e de pedir ajuda sempre que precisar (vou falar mais sobre isso em próximos posts, prometo). Isso não é fraqueza, é humano e pedindo ajuda você chega mais longe.

É isso, espero que curtam!

 

Escher – Matemática e Arte

No mês passado, participei da oficina de Matemática e Arte, ministrada pela profa. Danielle Mingatos, professora e coordenadora de Computação do Senac. Foram 3 encontros no total. Gostei muito da proposta e vou falar um pouquinho do que rolou.

A oficina começou no dia 9 de Novembro com uma introdução sobre Escher, um cara muito foda que provavelmente você já deve ter muito por aí, mas não sabia quem era (meu caso xD).

Reconheceu?
Reconheceu?

A Dani nos levou a refletir sobre uma coisinha muito importante na vida: você pode até não gostar de Matemática, mas você deve pelo menos compreendê-la. Escher é um artista muito legal para entender conceitos geométricos, mais especificamente padrões. E ele também dizia não compreender nada de Matemática, mas suas obras são estudadas ao redor do mundo por explorar princípios matemáticos. Isso mesmo! Você pode conferir no site oficial todas as fases e obras fantásticas dele.

Padrões geométricos estão em todo lugar: na Medicina, na Engenharia, nos favos de mel, na sequência de Fibonacci, nos flocos de neve, nos girassóis… enfim, vale a pena buscar mais sobre esses padrões, você vai perceber que não é algo longe da sua realidade e que é bem curioso.

Pesquisando sobre a vida dele, vi que ele nunca teve muita aptidão para a escola. Ainda que gostasse de desenho, nunca tirou notas altas, só o suficiente para passar. Seus pais esperavam que ele seguisse a carreira de engenheiro, mas, como diz uma frase sua excepcional our path through life can take strange turns. Eu gostei muito dessa parte da vida dele, porque eu acho que muita gente se martiriza por não ser o 1º ou não saber muito da vida.

Escher criou padrões complexos da Matemática, como o infinito
Escher criou padrões complexos da Matemática, como o infinito

Ele criou obras utilizando conceitos de simetria como reflexão, translação e rotação. Nesse site muito legal e interativo da PUC, você pode ver o que significa e como funciona cada um desses conceitos e sua aplicação em algumas obras dele.

No segundo encontro, nós criamos nossa própria obra! Colocamos mão na massa e foi bem desafiador. Eu comecei fazendo corações e fui vendo o que saía. Usando a translação, vi no final que formava um octágano entre elas. Assim saiu minha primeira obra explorando padrões geométricos:

Matemática e Arte é puro amor
Matemática e Arte é puro amor

Casal simetria do ano
Casal simetria do ano

12249867_1227643320585163_535347427566532120_n12274453_1227643647251797_7233616498428204666_n

Fica aí a dica para fazer algo diferente nas férias. Que tal criar um padrão geométrico seu? É mais fácil do que você pensa e ainda é terapêutico!