Dicas para ser um(a) bom(a) estudante de Computação

good
Como tudo na vida, sem esforço e dedicação não há muitos frutos, certo? Em Computação isso é um pouquinho mais rigoroso (e mais divertido). A seguir listei algumas dicas de como se tornar uma boa estudante/bom estudante. Reuni essas dicas a partir de conversas com amigos da área e procurando outros posts por aí. Preparados?!

Aprenda inglês

Se já sabe, procure por certificações.

Tenha uma rotina de estudos

É importante que seja a que você se sente melhor, sem neuras. Tenha um compromisso com seus estudos, assim como você tem com as outras coisas da sua vida. Procure sempre dar o melhor de si, mas sem exigir perfeição.

Não tenha medo de errar

Nunca.

Seja curiosa(o)

Precisa falar mais alguma coisa sobre esse tópico?

Seja autodidata

Isso não tem nada a ver com nunca pedir ajuda, mas ter a autonomia de buscar soluções por si mesma é primordial. Cá entre nós, essa é a parte mais legal de ser cientista! 🙂


Sempre busque por excelência

Procure coisas que vão te desafiar. Ande com quem você admira, treine sempre e tenha sempre foco. Parece bobeira, mas se você aplicar isso no seu dia a dia, fará toda a diferença.

Um passo de cada vez

Para quem está começando, ao olhar a grade curricular, parece que vai ser um caminho infinito. Dando um passo de cada vez, mas um passo bem sólido e fundamentado, a realização dos seus objetivos serão consequência de tudo isso.

Peça ajuda e ajude os outros

Se você, como eu, não é nenhum gênio (ou pelo menos não descobrimos ainda xD), frequentemente você vai ter dúvidas. Computação é algo totalmente novo para seu modo de pensar, por isso vai ser recorrente a sensação de estar perdida. Peça ajuda, tire dúvidas, confie em si mesma e siga em frente.

Lembre-se de porquê você começou

Quando se sentir desmotivada, lembre-se de porque começou (ou veja fotos do Pusheen e outros gatinhos xD). Tenha uma lista de coisas para fazer quando precisar se animar: frases, vídeos, fotos, etc., qualquer coisa que te inspire. É importante ouvir nosso corpo e descansar também.

Tenha paciência e acredite em você

E você, quais dicas teria para acrescentar?