Fui no Rails Girls, e agora?

Esse ano a edição do Rails Girls São Paulo aconteceu no fim de semana passado, nos dias 18 e 19 e foi no espaço roxinho da Nubank. Em 2015, eu fui como participante (você pode conferir minha experiência aqui neste post) e este fui como coach, uma promessa que tinha feito pra mim mesma. Foi uma experiência que acredito que todos devam passar, pois o pouco que sabemos (ou que achamos saber) pode ajudar alguém e mudar a vida de todos nesse processo.

Uma das coisas que mais me deixam feliz nesses projetos voltados a incentivar mulheres a programar é a temática dos projetos que as participantes sugerem. É incrível a quantidade de ideias e propostas que surgem da realidade das pessoas que não são representadas na tecnologia. Eu sempre acreditei no poder da tecnologia e do conhecimento para mudar a vida de muita gente e ver isso na prática me deu mais gás para seguir com os meus projetos e espero que você também 😀

Bom, a intenção deste post é dar uma sugestão de guia para quem quer continuar a programar com Ruby on Rails. Desde já, aviso que é bom você não perder contato com sua coach, pois as dúvidas surgirão e é fácil querer desistir diante de um problemão que não temos ideia de como resolver. Mas com paciência, você chega lá e é muito importante ter uma mentora no início, acredite em mim.

Minha dica é separar um horário por dia, como por exemplo, 30min por dia. Pode parecer pouco, mas não subestime suas escolhas do dia a dia e o impacto que isso traz daqui uns anos na sua vida, 🙂 O ideal é praticar todo dia, assim você relembra mais facilmente o que você fez e praticando diariamente você se compromete consigo mesma, que tal?

Os projetos que sugiro são:

1 – Agile Web Development with Rails

Livro muito bom (de graça!) que ensina a construir um e-commerce, usando metologias ágeis, testes e git :). Muito bom para dar continuidade ao que vocês aprenderam.

2 – The Odin Project

Conheci esse projeto uns dias atrás, é muito bom! E tem uma comunidade bem ativa também, portanto, dúvidas são comuns e você pode conhecer outras pessoas que estão aprendendo também. Já se inscreve e faça um pouquinho de cada vez.

3 – Code School

Esse site é pago, mas se você puder/quiser investir, recomendo. Alguns cursos sao gratuitos, mas a maioria é pago.

4 – RubyThursday

Site muito bom que conheci mês passado. Nas quintas você recebe uma newsletter com tutorias curtinhos, dicas e truques para quem está começando uma carreira de desenvolvodera Rails 🙂

Bom, não adianta nada encher aqui de links, no começo pode assustar, então, se quiser começar nessa ordem, acho uma boa. E sempre lembre que o Google e o StackOverflow serão suas melhores companhias a partir de agora. Só vá com calma, entenda que leva um tempinho até tudo começar a fazer sentido, mas se você gostou de programar, então tudo isso vai valer a pena e é um processo muito bacana. Espero vocês como coaches nas próximas edições, combinado?!

PS. Fui coach junto com a Débora (manja muito de Rails :P) e meu time foi o da Henritta Swan Leavitt (os nossos dos times eram de mulheres cientistas 😀 e tem uma fotinha desse time maravilhoso que tenho orgulho de dizer que fiz parte) e o nosso projeto foi o de listar centro de doações no Brasil, o Doe Felicidade. O código está no github, então, quem quiser contribuir, fique à vontade! É bem legal dar continuidade à ideia, pois você aprende, monta um portfólio e ajuda muita gente por aí <3

 

 

#VamosJuntas

Written By stefannibrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *