Minha primeira linguagem funcional: Elixir

Elixir é uma linguagem funcional que vem ganhando bastante espaço nos últimos tempos. É bom para pensar um pouco fora da caixa, principalmente para quem está acostumado a programar usando apenas linguagens imperativas (C, Java, etc.), como euzinha aqui. Dentre os maiores paradigmas de programação, a funcional é a mais antiga!

As linguagens funcionais podem ser compreendidas como avaliações de expressões feitas pelo computador, em que uma função pode envolver outras funções (se você quiser saber mais, procure sobre Cálculo Lambda).

Fiz o curso Try Elixir, do CodeSchool (gratuito e bem rápido, corre lá!). Nessa mesma semana em que tive meu primeiro contato com Elixir, tivemos uma revisão de funções compostas na faculdade e pra mim foi bem legal ver esses conceitos matemáticos assim diretamente aplicados.

Em Matemática, por exemplo, podemos fazer várias funções dentro de funções. Considere

f(x) = sen(x);
g(x) = log(x);
h(x) = x⁴;

Podemos fazer a seguinte composição das funções acima: f(j(h(x))), ou seja,

sen(log(x⁴))

Assim, pensei em implementar essa função composta em Elixir e para fazer isso, vamos usar o pipe operator. Ele funciona assim (veja mais aqui):

O operador pipe é representado por |>, recebe o resultado de uma expressão e passa ele adiante. Vamos dar mais uma olhada no trecho de código acima reescrito com o operador pipe:

other_function() |> new_function() |> baz() |> bar() |> foo()
O pipe pega o resultado da esquerda e o passa para o lado direito.

Usamos a biblioteca :math, que é a mesma usada em Erlang, ficando assim:


defmodule CompositeFunction do
  def my_example(x) do
    result = :math.pow(x, 4)
    |> :math.log()
    |> :math.sin()
    IO.puts(result)
  end
end

Para rodar local, digite iex para entrar no compilador, depois c(“composite_function.ex”) e depois CompositeFunction.my_example(seu_argumento). E Voilà!

Rodando CompositeFunction.my_example(5) no terminal, ele retorna:
0.15395162623403327
:ok

Espero que curtam, até a próxima!

Written By stefannibrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *